Text Size

Buscar

Prefeitura de Penápolis e CDHU definem cronograma para 232 casas do Residencial Gimenes

O prefeito de Penápolis, João Luís dos Santos, esteve na última semana em São Paulo visitando a CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano de São Paulo). Acompanhado do arquiteto da Secretaria de Obras da Prefeitura, Reinaldo Munhoz Morás, o prefeito teve conhecimento do cronograma de ações que antecedem o início de construção das 232 casas do novo conjunto habitacional de Penápolis, denominado Residencial Gimenes.

Segundo o prefeito João Luís, a expectativa é que o GRAPROHAB (Grupo de Análise e Aprovação de Projetos Habitacionais do Estado), que acompanha o projeto de engenharia e os estudos de impacto ambiental para a área das novas moradias, apresente os resultados o mais rápido possível.

“Isso ocorrendo, vamos agilizar os trâmites administrativos e iniciar a construção do residencial, tão esperado pela população”, disse o prefeito.

O Grupo de Análise e Aprovação de Projetos Habitacionais de São Paulo tem por objetivo centralizar e agilizar os procedimentos administrativos de aprovação do Estado, para implantação de empreendimentos de parcelamentos do solo para fins residenciais, conjuntos e condomínios habitacionais, públicos ou privados.

São diversas avaliações que devem ser feitas, como verificação de solo para saber da necessidade ou não de um alicerce mais profundo ou até mesmo aplicação de fundações. “Isso depende da qualidade do solo que as casas serão construídas e somente a o grupo de análise terá condições de saber ou não”, explicou o prefeito.

Mais casas

Durante a visita à CDHU, o prefeito João Luís e o arquiteto Reinaldo Morás, que se reuniram com os arquitetos Arthur Lozano Filho e André Ventura, demonstraram otimismo na agilidade dos procedimentos para efetivar a obra em tempo recorde.

“Como disse em outras oportunidades, a nossa ação junto ao Governo do Estado, em especial aos responsáveis pela Secretaria de Habitação é reduzir o déficit habitacional da cidade”, disse o prefeito, explicando que o terreno adquirido já está disponível para o início das obras.

João Luís lembrou que o projeto para as novas unidades habitacionais vai contemplar mais 32 famílias, superando a previsão da CDHU que tinha disponibilizado um conjunto de 200 casas para Penápolis.

Novos Pedidos

Sempre que tem oportunidade – e isso ocorre em todas as secretarias de Estado e também no Governo Federal – o prefeito João Luís costuma dizer que não pode perder a viagem. “Muitas vezes vamos aos secretários e ministros para agradecer. Enquanto agradecemos, fazemos novos pedidos e reiteramos o que já foi pedido e ainda não recebemos”, disse o prefeito, esclarecendo que novamente reiterou junto à CDHU e ao Governo do Estado a solicitação de outro conjunto habitacional, de 200 a 300 casas.

Como a Prefeitura de Penápolis dispõe de área para esse novo conjunto, o prefeito espera que o Governo do Estado atenda as novas solicitações.

Fonte: Prefeitura de Penápolis

Prefeituras Parceiras






Greenpeace

Greenpeace

WWF